Acessos

Meu primeiro livro

Há mais de 30 anos, o Ateneu Barão de Mauá realiza o projeto “Meu primeiro livro”, que traz histórias produzidas pelos alunos do 3º ano do Ensino Fundamental I. No dia 13 de dezembro de 2021, aconteceu o lançamento de mais uma edição.

Como surgiu?

Em 1989, a coordenadora pedagógica Aparecida Netto Scatolin (tia Cidinha), teve a ideia de reunir os trabalhos de seus alunos em um livro. Desde então, o projeto não parou mais de crescer.

Última edição

Baseado e inspirado no livro “Felpo Filva”, da autora Eva Furnari, o trabalho teve como responsáveis as professoras: Hellen Silva e Soraya Mesquita.

O protagonista é um coelho tímido, mal-humorado, que sofre de uma doença que faz tremer a orelha sempre que fica nervoso, e com dificuldades em se socializar. Felpo escreve textos tristes e que refletem seu humor. Até que um dia, é confrontado por uma de suas leitoras a melhorar seus textos e transformá-los em histórias agradáveis. Surge então uma paixão e o final é muito feliz!

“O Meu primeiro livro tem a finalidade de incentivar a interpretação e compreensão da leitura e escrita, estimulando a formação de um leitor escritor. Parabéns aos nossos pequenos escritores”, comenta a tia Cidinha.

A diretora Vera Carlotti também parabenizou os alunos. “Nossos pequenos escritores foram sucesso com seu primeiro livro”, finaliza.

Postada em 07/02/2022 por Rogéria Carla Gamba

Jornalista: Rogéria Gamba - MTB 52.808 | rogeriacg@baraodemaua.br

Contato Assessoria de Imprensa:

(16) 3968-3890

Postada em 26/04/2022 por
Jornalista:
Contato Assessoria de Imprensa: (16) 3968-3890
Notícias
24 junho 2022

Alunos, professores, coordenadores e diretores da Educação Infantil ao Ensino Médio do Ateneu Barão de Mauá participaram de uma festança pra lá de boa, no dia 12 de junho, no SPOT Complexo Esportivo. Quadrilhas, brincadeiras e barracas com pratos típicos, foram algumas das atrações.

Notícias
08 outubro 2021

Os alunos do 7º ano C do Ateneu Barão de Mauá, assistiram a uma palestra com o capitão do Corpo de Bombeiros, Glauco Castilho Rossi, pai do estudante Lucas Carniel Rossi. Na ocasião, o convidado falou sobre incêndios florestais, poluentes gerados pela combustão e o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). O evento aconteceu no dia 30 de setembro, no Ateneu Fundamental II.